WhatsApp
Pesquisar
Close this search box.

Como funciona a licença de software? Conheça os principais tipos, vantagens e dicas para escolher a melhor opção para o seu negócio

Cadeado sobre teclado de laptop iluminado em vermelho, simbolizando a segurança da licença de software.

A licença de software funciona como um contrato entre o desenvolvedor e o usuário, definindo os direitos e responsabilidades de cada um no uso do software. Conheça as diferenças entre cada tipo de licença de software e saiba como tomar a melhor decisão possível em uma empresa.

Hoje em dia, grande parte das atividades profissionais precisam de um computador para serem executadas. Planilhas, apresentações, análise de dados, montagem de fluxos de automação… são vários os programas que ajudam a transformar esses passos em realidade.

Quando se começa a pesquisar as melhores opções para cada negócio, costuma surgir uma grande dúvida em relação ao licenciamento de software. Existem várias opções, mas qual seria a melhor?

A verdade é que não existe uma resposta definitiva, pois isso depende da realidade de cada negócio e também das características do software. Este conteúdo ajudará nesta tomada de decisão. Veja dicas para escolher a melhor licença de software!

O que é licença de software

A licença de software é um contrato entre a empresa ou responsável pelo software e o cliente final. Nesta licença, constam os termos de uso daquele software, indicando como ele deve ser utilizado.

As licenças ajudam a proteger os direitos dos desenvolvedores, além de também trazerem segurança aos usuários. Por isso, são soluções úteis e relevantes para ambas as partes envolvidas.

Ainda dentro deste contexto, outro uso do termo licença de software pode ser feito para falar sobre a aquisição ou contratação de um programa. Uma vez que seu uso está legalizado, portanto, ele torna-se licenciado.

Leia também: Quais são os melhores tipos de software para gestão de redes de telecomunicações? Conheça as categorias e como escolher

Como funciona o licenciamento de software para negócios

O licenciamento se dá por meio da obtenção de uma licença para o uso de determinado software, seja ela paga ou gratuita.

Isso geralmente é feito quando o software é baixado ou quando se começa a utilizá-lo dentro de um navegador (no caso de softwares para negócios que funcionam em navegadores, como o Figma ou o Canva, entre tantos outros exemplos).

O licenciamento é obrigatório para utilizar um software de maneira legalizada, além de permitir que o usuário tenha todo o suporte necessário quando necessitar.

Tipos de licenciamento de softwares

Existem várias opções de licenciamento de softwares e, em alguns casos, o mesmo software pode contar com diferentes modelos de licenciamento. Confira os principais:

Software livre

O software pode ser usado, modificado e distribuído livremente, sem restrições significativas acerca deste uso. É o modelo mais “aberto” possível.

Código aberto / open source

Aqui, o código-fonte do software está disponível para ser estudado, modificado e até mesmo melhorado por qualquer pessoa. Isso traz um nível de colaboração e customização muito mais elevado.

Leia também: Como o Sistema de Gestão de empresa pode auxiliar no controle de gastos? Entenda o que é e os seus benefícios!

Uso temporário

Este tipo de licença permite que o software seja utilizado por um período de tempo limitado e predeterminado. Geralmente, apenas um número específico de dispositivos podem instalar o software e ele até pode incluir atualizações, mas raramente cobre a manutenção dos softwares.

Aquisição perpétua

Permite que, depois da compra do software, ele seja utilizado de maneira vitalícia. Nem sempre conta com atualizações ou serviços de manutenção e é ideal para companhias que consideram o software como um ativo de longo prazo.

Licença para aluguel

Permite que o software seja usado pelo período de tempo negociado no acordo. Depois disso, o acesso não fica mais disponível. É interessante para empresas que precisam utilizar determinadas soluções apenas por um período limitado.

SaaS

O Software as a Service (SaaS) é oferecido como um serviço online, geralmente por meio de uma assinatura. Os usuários podem não precisar instalar ou manter o software localmente em seus dispositivos.

End-User License Agreement (EULA)

Com o End-User License Agreement (EULA), há um contrato legal entre o desenvolvedor e o usuário final que diz como o software deve ser utilizado. Este contrato de licença de software define restrições de uso, direitos de cópia, redistribuição e outras condições.

Gratuito / free

Por fim, este tipo de software é oferecido sem custos. Por conta disso, pode ter limitações em relação ao suporte, às funcionalidades ou ao seu uso para fins comerciais.

Vantagens do licenciamento de software para empresas

O licenciamento de software para empresas permite que a companhia utilize as soluções necessárias dentro da legalidade, o que evita problemas futuros. A depender do tipo de licenciamento, ela também poderá contar com todo o suporte necessário por parte de sua equipe.

Também a depender do tipo de licenciamento, a empresa poderá contar com atualizações e novos recursos liberados naquele software, o que é capaz de aumentar a produtividade e a eficiência da equipe.

Pensando também em segurança da informação, softwares licenciados são mais seguros do que quando utilizados sem licenças.

Riscos de usar softwares não-licenciados

Um dos principais riscos está nas consequências legais, como multas e processos. Se a empresa do software descobrir que a companhia usa suas soluções de forma não licenciada e tiver evidências disso, a empresa pode sofrer sanções pesadas.

Os riscos de segurança, como vulnerabilidades a malwares e ataques cibernéticos, também não podem ser desconsiderados. As chances de ter esse tipo de problema aumentam muito quando não ocorre o licenciamento dos softwares.

Há também riscos operacionais, como instabilidade do software e falta de suporte técnico, que podem inviabilizar ou dificultar seu uso.

Como escolher a melhor licença de software para a minha empresa?

O primeiro passo é escolher o software. Afinal, cada um tem diferentes tipos de licenciamento e é preciso conferir as opções disponíveis.

Depois disso, é válido comparar os tipos de licenciamento e entender o que mais faz sentido para o negócio. Há alguns que contam com apenas um tipo, mas para quando há alternativas, vale pesar os prós e contras.

Além disso, é importante entender as necessidades específicas da sua empresa. Quantos funcionários utilizarão o software? Quais funcionalidades são essenciais para as operações do seu negócio? Quanto você está disposto a investir em software? Você precisa de acesso local ao software ou em nuvem? O suporte técnico é crucial para a sua empresa? Responder a essas perguntas pode te ajudar a escolher a melhor opção para o seu negócio.

Com as informações coletadas, compare preços, funcionalidades e termos de diferentes fornecedores. Por fim, leia atentamente os contratos de licenciamento antes de tomar qualquer decisão.

Leia também: Como escolher o melhor software de gestão de ativos para sua empresa

Qual é o tempo médio de validade de uma licença?

Depende da licença escolhida. No caso das licenças por aluguel ou temporárias, ela costuma ser válida pelo período que consta nos termos de uso. Para outros modelos mais “perenes”, por sua vez, geralmente a licença é válida até que haja algum tipo de atualização nos termos de uso.

Controle de licenciamento de software na gestão de TI

O controle de licenciamento de software é um aspecto importante da gestão de TI, permitindo que as empresas otimizem seus investimentos em software, garantam a conformidade legal e protejam seus dados. 

Com a solução de IT Asset Management (ITAM) da Sumus, você assume o controle total do licenciamento de software, otimizando investimentos, garantindo a conformidade legal e protegendo seus dados. Nossa plataforma completa acompanha todo o ciclo de vida das licenças, desde a aquisição até a desativação, automatizando tarefas e te dando uma visão completa dos seus ativos de software.

Conte com toda a experiência e confiabilidade que seu negócio precisa para aliar economia à praticidade, segurança e eficiência. Solicite um trial gratuito hoje mesmo!

Autor:

NEWSLETTER

[contact-form-7 id=”5646″ title=”Form News Sidebar” html_name=”/news-blog-form/”]

Entenda como a Sumus pode gerir os custos e reduzir as despesas seu negócio: