Pesquisar
Close this search box.

O que é auditoria interna e como ela funciona?

o que é auditoria interna pessoas de uma empresa fazem contas

Auditoria interna é uma avaliação independente das atividades organizacionais para garantir conformidade e eficácia. Seu propósito é aprimorar a gestão e contribuir para melhorias contínuas. Saiba mais sobre o que é auditoria interna!

Uma empresa deve sempre buscar o aprimoramento contínuo dos seus processos internos, a fim de manter-se em crescimento e oferecer produtos e serviços competitivos e de qualidade. Uma das ferramentas que pode ser utilizada para auxiliar na busca pela melhoria contínua é a chamada auditoria interna.

Através deste processo, é possível entender melhor a efetividade do ambiente interno da empresa envolvendo os próprios colaboradores na análise dos processos. Os resultados ajudam os gestores a tomarem decisões mais estratégicas e certeiras, garantindo o sucesso do negócio.

Neste artigo você irá compreender o que é esse tipo de auditoria, quais seus objetivos e benefícios dentro do mundo empresarial, e como se faz uma auditoria interna eficaz e com qualidade. Confira!

O que é auditoria interna?

A auditoria interna é uma ferramenta utilizada para controlar e avaliar os processos e procedimentos internos do negócio, buscando otimizá-los para obter resultados melhores e, por fim, garantir a manutenção e o sucesso da empresa. 

Trata-se de um controle administrativo que visa observar os processos e questionar os colaboradores a respeito das tarefas realizadas, para posteriormente sugerir alterações ou implantar novos procedimentos. Durante a auditoria interna, a qualidade e a segurança do trabalho são avaliadas.  

O principal objetivo das auditorias internas é combater e evitar erros humanos, irregularidades e até mesmo fraudes cometidas pelos funcionários durante a execução dos processos. Além disso, durante uma auditoria, é possível notar falhas e possibilidades de melhoria nos processos existentes, otimizando o funcionamento do negócio. 

Durante uma auditoria interna é necessário ter em mente que os processos não precisam ser fixos e imutáveis. É necessário compreendê-los como algo dinâmico, que

As análises e recomendações feitas numa auditoria interna servem para orientar os gestores da empresa na tomada de decisões, facilitando o planejamento estratégico do negócio. 

Benefícios da auditoria interna

O que é auditoria interna homem fazendo auditoria de empresa

A auditoria interna precisa ser vista como uma ferramenta capaz de auxiliar os gestores, simplificando tarefas e eliminando desperdícios de tempo, de material e de dinheiro. Confira alguns benefícios que essa prática traz:

Ajuda a entender o que precisa ser melhorado

A auditoria interna revê todos os processos de trabalho da empresa com um olhar crítico e criterioso. Assim, ela pode identificar problemas e sugerir soluções, criando novos métodos de trabalho que sejam mais simples, mais rápidos e mais fáceis de serem executados sem perder na qualidade do resultado. 

Gera economia

Através de uma auditoria interna é possível encontrar falhas nos processos, erros humanos e até mesmo fraudes cometidas por parte dos funcionários. Isso pode resultar em economia de matéria-prima e, consequentemente, de dinheiro também.

Leia também: 5 dicas de controle de gastos para economizar nas contas da empresa

Aumenta a produtividade 

A revisão dos processos ajuda a economizar tempo de mão de obra, garantindo que as horas de serviço dos trabalhadores estão sendo utilizadas da melhor forma. Isso aumenta a produtividade da equipe, o que pode resultar num crescimento dos lucros da empresa. 

Melhora a qualidade do produto ou do serviço prestado

Com a otimização dos processos, a qualidade do resultado final também é melhorada. A auditoria interna é uma ferramenta poderosa na gestão da qualidade.

Qual a diferença entre auditoria interna e externa?

Auditoria interna e auditoria externa são dois processos diferentes, com objetivos e regulamentações distintas. Entender a diferença é importante para decidir qual é a ferramenta que deve ser utilizada na sua empresa. 

  • Na auditoria interna, o processo é realizado por um auditor da própria empresa. Esse auditor atua junto à alta gestão do negócio, e seu papel é principalmente rever e analisar os processos internos da empresa, apontando as não conformidades e possíveis soluções.
  • Já a auditoria externa é realizada por membros externos à empresa, isto é, uma empresa de auditoria é contratada para realizar esse trabalho. Grandes empresas são obrigadas por lei a realizarem auditorias externas com certa frequência. 

Como é feita uma auditoria interna?

O que é auditoria interna e como ela funciona?

1. Escolha de um auditor

Pela própria definição, a auditoria interna precisa ser realizada por um auditor interno, isto é, um colaborador da empresa. A pessoa incumbida dessa função precisa ser capaz de manter a imparcialidade, a fim de analisar os resultados de forma direta e objetiva.

Além disso, é necessário que seja uma pessoa de confiança da gestão da empresa. O auditor interno deve ser capaz de focar apenas nos processos e na busca por soluções. A auditoria interna não deve se tornar uma busca por culpados e responsáveis, caso contrário, a transparência e a colaboração dos funcionários com o procedimento será muito menor.

2. Definição os objetivos e planejamento

É importante que o gestor entenda quais são os resultados esperados na auditoria interna, e que isso seja passado de forma clara ao auditor responsável. Para que sejam propostas soluções, é necessário conhecer o formato de gestão e entender quais as melhorias e mudanças que a empresa está disposta a implementar.

Quando todas as metas, objetivos e limites estiverem às claras, será necessário fazer um planejamento do processo. O planejamento deve conter todas as etapas que serão executadas, quem participará e qual o seu prazo de conclusão. Para a elaboração do planejamento, recomenda-se a participação dos colaboradores auditados. 

3. Elaboração de checklist e cronograma

O planejamento deve resultar na criação de um checklist de todas as tarefas que deverão ser realizadas durante a auditoria interna, bem como um cronograma de execução destas tarefas. Esses documentos devem ser seguidos com a maior fidelidade possível. 

4. Apuração e investigação

Agora começa, de fato, o trabalho da auditoria. O auditor pode realizar diversas tarefas, como: 

  • realização de entrevistas com os colaboradores;
  • acompanhamento na execução dos trabalhos;
  • análise de dados contábeis e de resultados;
  • análise da qualidade final dos produtos; 

Essas são algumas ferramentas que o auditor pode utilizar para analisar quais são os processos existentes na empresa, o quanto eles de fato estão sendo seguidos pelos colaboradores e qual a sua eficiência na prática. Caso os processos não estejam sendo seguidos à risca, cabe ao auditor tentar compreender por quê. Da mesma forma, se os processos forem ineficientes ou causarem falhas, o auditor deve investigar o que leva esses problemas a ocorrerem. 

5. Análise e proposta de soluções

Com o trabalho investigativo realizado, o auditor deve redigir um documento com todas as suas descobertas, fazendo uma análise do material auditado e propondo melhorias e mudanças que a empresa poderá fazer para corrigir os problemas encontrados e otimizar seus processos. 

ISO 19011: a norma das auditorias

A norma NBR ISO 19011:2018 – Diretrizes para Auditoria de Sistemas de Gestão estabelece as melhores práticas para auditorias internas e externas. Seguir a norma é importante para garantir a eficácia do processo de auditoria e garantir que a empresa consiga certificações internacionais na área. 

A ISO 19011 define como princípios para qualquer auditoria:

  • A integridade;
  • A apresentação justa;
  • O devido cuidado profissional;
  • A confidencialidade;
  • A independência;
  • A abordagem baseada em evidências
  • A abordagem baseada em riscos.

Leia também: Quais são os tipos de certificação ISO?

Conte com a auditoria da Sumus

A Auditoria de Contas da Sumus realiza checagens e análises nas contas da sua empresa com as operadoras, para que seja possível:

  • Recuperar valores pagos indevidamente;
  • Pagar valores de erros recorrentes;
  • Identificar quais serviços não foram contratados;

Solicite uma proposta aqui!

Autor:

Sumus | O que é auditoria interna e como ela funciona?

O que procura?

NEWSLETTER