WhatsApp
Pesquisar
Close this search box.

eSIM: o que é, como funciona e quais são as vantagens?

Na era em que a tecnologia avança a passos largos, a constante evolução redefine como interagimos com nossos dispositivos móveis. Uma inovação que tem ganhado destaque é o eSIM, também conhecido como SIM virtual.

Diferentemente dos tradicionais cartões SIM removíveis, o eSIM é um chip embutido no hardware do aparelho, proporcionando mais segurança e praticidade para a experiência móvel.

O que é o cartão eSIM?

Um eSIM, também conhecido como SIM virtual, é um chip que fica embutido no hardware do aparelho. Assim, não há a necessidade de utilizar um chip removível de operadora, como é comum na maior parte dos aparelhos brasileiros atualmente.

Ao contrário do SIM removível, o eSIM pode ter as suas informações regravadas. Assim, não é necessário trocar o chip para trocar a operadora e o número de celular atrelado ao aparelho. Basta fazer com que o eSIM seja habilitado pela operadora escolhida.

O uso do eSIM já vem se tornando cada vez mais comum e a tendência é que, nos próximos anos, ele substitua por completo o uso do SIM removível.

Para que serve o chip virtual?

O chip virtual tem a mesma função do chip físico: ele serve para identificar, controlar e armazenar dados como o número de telefone e as configurações de rede no aparelho.

É o chip que realiza a conexão do aparelho com a rede de telefonia e internet móvel, permitindo que smartphones, tablets e outros dispositivos móveis possam se comunicar através da conexão com a operadora.

Qual a diferença entre chip físico e virtual?

Ambos os chips possuem a mesma função, a diferença entre o chip físico e o chip virtual está no seu funcionamento.

O chip físico é fabricado e vendido pelas operadoras de telefonia. Cada chip é único, e está atrelado a um número de telefone específico. Caso o usuário queira trocar de número ou de operadora, terá que adquirir outro chip e fazer a troca. Por isso, os dispositivos que utilizam chip físico tem um compartimento removível para armazená-lo, facilitando a troca.

Chip SIM destacado sobre uma superfície de madeira.

Já o chip virtual é uma evolução dessa tecnologia. Ele fica embutido dentro do dispositivo móvel e pode ter as suas informações regravadas em questão de minutos. Por isso, não precisa ser removível. Caso o usuário deseje trocar de número ou de operadora, basta realizar o trâmite para alterar as informações no aparelho.

Qual operadora tem chip virtual?

Todas as principais operadoras de telefonia móvel do Brasil, como Tim, Vivo e Claro, já possuem suporte para utilizar eSIM, ou chip virtual.

Cada uma delas, porém, tem seu próprio processo para ativar essa tecnologia. Portanto, se você deseja migrar para o uso do eSIM, recomendamos que você visite o site da sua operadora ou vá até uma loja física para buscar informações sobre a transição.

Vantagens de usar um eSIM

Quando comparado ao SIM tradicional, o chip virtual apresenta boas vantagens. A seguir, confira quais são e veja se valem a pena para a sua realidade.

Fácil configuração

A regra permanece a mesma dos chips físicos: para que o dispositivo possa ter acesso à rede móvel, ele precisa estar registrado em uma operadora. O processo, porém, se torna um pouco mais prático, já que não é necessário comprar um chip físico, basta apenas contatar a operadora para fazer a configuração.

Outra facilidade está na integração de dispositivos. Qualquer dispositivo que também use eSIM (smartphone, tablet, smartwatch, etc.) poderá ser conectado à mesma conta de usuário automaticamente.

Possibilidade de múltiplos números

O eSIM permite cadastrar mais de um número de operadoras diferentes no mesmo chip virtual. Isso significa que os usuários poderão ter múltiplos números no mesmo aparelho sem precisar comprar vários chips físicos.

Vale lembrar que essa funcionalidade depende da política da operadora contratada. Vivo e Claro já disseram que a utilização de mais de um número será permitida, mas a TIM anunciou que apenas um número por eSIM será possível.

Economia de espaço interno

Uma grande vantagem da utilização do chip virtual é a economia de espaço interno nos aparelhos. Como o chip físico necessitava que houvesse um compartimento removível para que o usuário pudesse fazer a troca do chip, isso acabava usando um espaço maior na estrutura dos aparelhos.

Com a eliminação do compartimento removível, a tendência é que os aparelhos possam ser ainda mais finos, leves e práticos.

Praticidade nas viagens internacionais

Como mais de um chip pode ser instalado no eSIM do aparelho, caso você vá fazer uma viagem internacional, poderá comprar um chip virtual de uma operadora local para utilizar a internet móvel.

Isso é especialmente prático caso você costume viajar com frequência para o mesmo lugar, já que você pode trocar nas configurações do aparelho quais dos SIMs armazenados estão ativos.

Maior segurança em caso de roubo

Quando o celular é roubado, você pode bloquear o uso do aparelho utilizando o IMEI. Caso você use um chip físico, os criminosos podem remover o chip e colocá-lo em outro aparelho, podendo assim usar suas informações, causando prejuízos financeiros.

Porém, com o chip virtual, isso não é possível. Uma vez que o celular seja bloqueado após o roubo, ninguém mais conseguirá acessar as informações contidas no aparelho e no chip. Então você poderá contatar sua operadora, transferindo seu chip para um novo aparelho e mantendo seus dados seguros.

Qual a desvantagem do eSIM?

A grande desvantagem do uso do eSIM está no momento da troca ou upgrade de aparelho. Com o chip físico, bastava remover o chip de um dispositivo e colocar no outro e, pronto, já estava tudo funcionando.

Como o chip virtual fica embutido no aparelho, isso não será mais possível. Para trocar de aparelho será necessário contatar a operadora para fazer a transferência dos dados para o novo aparelho.

Conheça a mais completa plataforma de Gestão de Custos em nuvem!

A Sumus é uma empresa com mais de 35 anos de história, unindo experiência e inovação para trazer as melhores soluções tecnológicas para o seu negócio.

Com o Sumus Concept você tem acesso a um novo conceito de gerenciamento de custos para a sua empresa, totalmente on demand, modular e funcional.

Visite o nosso site e solicite uma demonstração gratuita!

 

eSIM: o que é, como funciona e quais são as vantagens?

Autor:

NEWSLETTER



    Entenda como a Sumus pode gerir os custos e reduzir as despesas seu negócio: