3 dicas infalíveis para aprimorar seus negócios em meio a crise causada pelo coronavírus

Diante das implicações causadas pelo Covid-19, muitos gestores buscam dicas e seguem as orientações dos grandes empresários para conseguir superar este momento de crise.

Neste período, o gestor pode se deparar com duas situações: desistir dos negócios ou liderar e seguir as orientações para continuar firme.

A escolha por continuar pode transformar a identidade da empresa e fortalecer ainda mais a sua base de visão, missão e valores.

Inclusive para muitos gestores, a adversidade pode definir o seu verdadeiro propósito corporativo que deverá beneficiar a empresa durante e depois da crise.

Mas é neste ponto que uma pergunta prevalece: “Qual caminho seguir?”.

Até encontrar essa resposta, é natural que apareçam dúvidas, momentos de incertezas e questões importantes a serem levantadas.

Afinal, é preciso agir imediatamente para garantir a lucratividade dos negócios.

Inicialmente, realizar um mapeamento dos custos para reduzir gastos é essencial.

No entanto, além de focar na parte financeira, a empresa precisa planejar estratégias defensivas para que seu negócio possa continuar no mercado.

E neste planejamento, a utilização de ferramentas tecnológicas será fundamental.

Um exemplo prático é a tecnologia Cloud Computing que permitiu que a maioria das empresas continuassem seus serviços durante a quarentena.

Se você precisa clarear suas ideias para elaborar o planejamento da sua empresa e definir novas diretrizes, está no lugar certo.

Neste artigo, você vai saber 3 dicas infalíveis para colocar em prática urgentemente e conseguir aprimorar seus negócios em meio a crise.

 

Dica 1: Reúna sua equipe de colaboradores

A equipe de líderes da empresa, principalmente em situações difíceis, deve participar ativamente das reuniões e do planejamento das ações para a definição de prioridades.

Deixar a tomada de decisão como responsabilidade para uma pessoa só ou para uma parte menor da equipe é uma escolha feita por muitos gestores, entretanto essa centralização não costuma atrair bons resultados.

É por causa da centralização de decisões que muitos colaboradores acabam atuando sem direcionamentos claros, causando lentidão na capacidade de responder com agilidade a situações de impasse.

Por isso, é a soma das forças de todos, seguindo estratégias pensadas em conjunto, que realmente vai importar para a melhoria dos resultados de uma empresa.

Uma pesquisa feita pela companhia McKinsey identificou que são nos momentos de crise nos quais os colaboradores mais precisam de organização.

De acordo com a pesquisa, ⅔ das organizações de sucesso usam a comunicação interna como ferramenta poderosa para engajamento da equipe.

Portanto, manter uma boa comunicação com todos da equipe faz com que a empresa tenha mais chances de ser bem sucedidas em suas ações.

 

 

LEIA TAMBÉM

 

 

Dica 2: Realize o direcionamento de ações

Para iniciar qualquer planejamento, é necessário fazer um mapeamento de todos os equipamentos que os setores dispõem para realizar suas atividades.

Conforme falamos nesse artigo, os negócios que contam com a ajuda de um inventário de TI, por exemplo, conseguem corrigir problemas nos equipamentos antes que estes cheguem a prejudicar as atividades e disponibilidade dos serviços.

Afinal, descartar qualquer tipo de prejuízo neste momento é essencial.

Depois de realizar esse mapeamento, o próximo passo deve ser elencar um conjunto claro de prioridades.

Mas nada de focar em metas abstratas.

O que realmente transforma uma empresa é o estabelecimento de metas práticas, como definir o que exatamente precisa ser feito para que algo funcione e traga lucros a empresa.

Outra ressalva importante é não limitar as ações e classificá-las como boas ou ruins.

O gestor deve analisar amplamente cada atividade e pensar nas várias consequências dessas ações, para só depois avaliar se é melhor escolher entre uma e outra ou realizá-las ao mesmo tempo.

 

 

Dica 3: Gerencie o fluxo de caixa

Somente analisando cada gasto, é possível avaliar os custos essenciais que não devem ser cortados e aqueles que podem ser substituídos por soluções mais econômicas.

E para realizar essa análise, a utilização de ferramentas para controle dos gastos de uma empresa vai aumentar significativamente a sua lucratividade.

Principalmente em meio a uma crise, o controle da gestão financeira vai ser determinante para que a equipe administrativa consiga organizar todas as contas a pagar e a receber de forma ágil e eficiente.

Falamos sobre o tema em nosso artigo: Contas a pagar: como otimizar a gestão de contas para garantir o melhor desempenho nos negócios?

Uma ferramenta tecnológica bastante eficaz para este tipo de gerenciamento é o TEM 3.0 da Sumus.

Pois além de registrar todos os custos de telefonia, o TEM monitora orçamentos e auditoria de contas, reduzindo custos e ajudando a sua empresa a aumentar os lucros.

A Sumus oferece soluções eficazes que podem te ajudar na hora de colocar em prática cada uma dessas 3 dicas.

E se você quer saber quais são essas soluções e como utilizá-las, entre em contato conosco agora mesmo!

Autor:

O que procura?

NEWSLETTER