Líder ou Chefe: Como Você Quer Que Seus Funcionários Te Vejam

À primeira vista, pode parecer que esses termos querem dizer a mesma coisa, mas existe muita diferença entre ser um chefe e um líder

Todas as empresas contam com colaboradores que precisam se reportar aos seus superiores. Seja qual for o porte ou o segmento, essa é uma situação que sempre existirá, já que há a equipe de gestão e a operacional.
O ideal é que a comunicação entre essas partes seja feita com eficiência, respeito e cordialidade, para que o ambiente de trabalho seja excelente. Porém, infelizmente, não é sempre que isso acontece nas empresas.
Existe uma grande diferença entre ser considerado um líder e um chefe, e um dos maiores erros em uma pequena empresa, embora também possa ser visto em corporações maiores, é que os gestores almejam a classificação errada.
Por isso, ser líder ou chefe faz toda a diferença em uma empresa, o que pode fazer com que ela prospere e fature muito ou, em contrapartida, seja mal-sucedida, perca clientes e até mesmo entre em falência, em casos mais graves.

Líder ou chefe: quais são as diferenças?

Para ficar mais fácil de entender, suas atitudes serão divididas em tópicos, de modo a deixar bem claro o contraste entre um líder e um chefe. 
líder ou chefe


Relacionamento com os funcionários

Esse é um ponto que muda muito entre ser líder ou chefe e que, inclusive, é um dos mais importantes: o relacionamento que existe entre ele e os colaboradores.
Para um chefe, seus funcionários são meros subordinados, pessoas que estão ali para cumprir estritamente às suas ordens e obedecer a todas as exigências que forem feitas, seja qual for a situação.
O chefe não se preocupa com o lado pessoal de seus funcionários, apenas com o profissional. Por isso, o tratamento costuma ser bem negativo, algumas vezes até com falta de respeito e educação.
Por outro lado, um líder se dá super bem com toda a sua equipe e quer vê-la unida. Ele prega a ideia (e realmente age para tal) de que gerencia as atividades e as pessoas, mas age junto delas em todos os processos, e não apenas como alguém que dá ordens.
Os líderes costumam ser colegas de todos os funcionários, do mais baixo ao mais alto escalão. Assim, todos podem se aproximar dele e perguntar o que for necessário, já que saberão que não haverá qualquer tipo de problema com isso.

Responsabilidades

Esse é mais um ponto em que ser líder ou chefe faz muita diferença: as responsabilidades.
Existem diferentes tipos de chefe. Alguns deles não confiam em seus funcionários e, por isso, querem ser os responsáveis por fazer todas as tarefas de maior importância, enquanto outros não apresentam o menor envolvimento com nenhum processo.
Porém, no final das contas, caso o resultado seja positivo, eles sempre tomam para si as glórias, ao passo que se tudo der errado, então a culpa é exclusivamente dos funcionários, nunca deles próprios.
É totalmente diferente com um líder, que se envolve nos processos e colabora com aquilo que pode, ou seja, realmente trabalha, e não simplesmente ordena.
Depois, no final do processo, se tiver dado certo, então a participação é dividida entre todos, e caso haja problemas que prejudiquem a conclusão do processo, todos também têm a sua parcela de responsabilidade, inclusive ele.

Sentimento com sua posição

É certo que um líder ou chefe está em uma posição hierárquica diferente do restante da equipe, mas a forma com a qual eles lidam com essa situação também é bem diferente.
Os chefes realmente demonstram que são superiores, ou seja, que não devem ser tratados com igualdade por parte dos funcionários. Eles sempre se colocam em pedestais, como se fossem mais importantes do que todos.
Em determinadas oportunidades, eles fazem prevalecer esse direito, muitas vezes de uma forma que seja prejudicial à equipe, que passa a ter medo de seu chefe.
Quando se trata de um líder, ele sabe que ocupa um cargo hierárquico mais elevado, mas faz de tudo para minimizar esse fato, de modo que a equipe possa tratá-lo normalmente.
Algumas situações também fazem com que ele tenha que exercer esse direito, como quando ele precisa defender os interesses de determinado setor ou funcionário, mas isso nunca é feito para benefício próprio. Entenda melhor como melhorar a comunicação entre seus funcionários
chefe ou lider reunião


Desempenho da função

Geralmente, quem atinge o patamar de um líder ou chefe teve que passar por muitas etapas para conseguir isso, mas o exercício da função pode começar a ser diferente depois de um tempo.
Um chefe teve que estudar muito para ocupar um cargo mais elevado, mas a partir do momento que conseguiu, ele deixa de estudar e se dedicar, já que conseguiu uma posição mais favorável. Isso é muito ruim para a equipe.
Por consequência disso, ele passa a estar desatualizado quanto às mais novas tendências do seu segmento e não pode prestar o auxílio que os outros colaboradores precisam.
Por outro lado, um líder também teve que superar várias situações, mas ele valoriza mais essa posição atual e batalha para mantê-la. Por isso, faz vários cursos, treinamentos, estuda, pratica e sempre busca melhorar.
O conhecimento que ele consegue obter é repartido com toda a equipe, que por sua vez enxerga  nele um profissional de referência, que entende do que faz e pode passar as orientações necessárias para sua evolução constante.

Como você quer que seus funcionários olhem para você?

No que diz respeito à hierarquia, ser líder ou chefe não apresenta qualquer diferença: é como se eles estivessem no mesmo patamar de uma escada. Porém, a maneira com a qual eles se comportam influenciará se eles subirão os degraus ou ficarão parados.
Como visto, é através das atitudes e do comportamento de cada um que as outras pessoas poderão identificar se se trata de um chefe ou de um líder, e não apenas por sua posição na empresa.
Isso não quer dizer que o líder tenha que ser uma pessoa vista como boazinha, já que ele também pode ter que passar por situações complicadas, como demitir um funcionário ou cobrar melhores resultados da equipe, mas tudo com parcimônia.
Quem age como líder sabe como melhorar a comunicação entre seus funcionários, já que tem um relacionamento pessoal muito melhor com eles. Como consequência, o ambiente profissional será muito mais agradável e frutífero.
Portanto, essa é uma das melhores dicas para quem quer empreender em 2018, mas que também vale para todas as outras épocas: agir como um líder é infinitamente melhor do que como um chefe.
Caso a dúvida entre ser líder ou chefe passe pela sua cabeça, não hesite em escolher a primeira opção, sempre. Assim, toda a equipe te respeitará, e vocês poderão, juntos, chegar a lugares muito mais altos do que podem imaginar.

Autor:

O que procura?

NEWSLETTER