Data Science e Big Data: entenda como cada um deles impulsiona a lucratividade dos seus negócios

Em um mundo cada vez mais digital, principalmente agora depois dos impactos causados pela pandemia, os dados têm aumentado sua relevância para a maioria das organizações.

É através desses dados, que as empresas podem analisar o comportamento dos consumidores para identificar a melhor forma de chegar até eles e aumentar os seus lucros de forma significativa.

Por isso, o número de corporações que buscam profissionais capacitados para realizar essa análise e a busca pelos dados têm crescido exponencialmente.

Neste sentido, informações sobre Big Data e Data Science são muitas e temos visto que esses conceitos parecem bastante semelhantes.

Porém, existem algumas diferenças entre eles que precisamos destacar.

Se você quer saber onde cada um deles atua, quais são suas características específicas, e como cada um deles contribui para a melhoria dos resultados de uma empresa, continue lendo este artigo.

Data Science: ciência dos dados auxilia na identificação de padrões

Data Science, ou ciência dos dados, pode ser definida com um termo amplo que engloba desde a preparação e limpeza dos dados, até a sua análise detalhada.

Podemos entender a ciência dos dados como a base de um estudo que envolve e combina padrões de dados estruturados ou não-estruturados com a matemática, estatística e programação para identificar correlações.

Por exemplo:

Uma empresa de sorvete ao analisar seus números de vendas em um determinado período e compará-los com outros, é possível perceber que há uma variação específica.

Em dias de sol as vendas são maiores, em compensação, em dias de chuva os números diminuem.

Essa é uma correlação que podemos inferir, através da ciência dos dados.

LEIA TAMBÉM: Qual a diferença entre Analytics e Big Data e como usá-las favor do seu negócio

Diante da junção desses conhecimentos, o cientista de dados vai juntar todas as informações e analisar de forma engenhosa o que cada dado representa, de acordo com alguns critérios e elaborar planos de ação.

Seguindo o exemplo que destacamos acima, o cientista de dados depois de analisar o período no qual a venda de sorvetes é maior, vai determinar a quantidade que deve ser produzida de acordo com cada período.

No caso, no período do verão será necessário produzir uma quantidade maior de sorvetes, já no inverno, essa quantidade vai diminuir.

Esse exemplo é apenas uma das situações onde a ciência dos dados pode atuar.

No geral, o Data Science envolve várias outras questões muito mais complexas e ajudam as organizações na hora de tomar decisões.

Big Data: análise detalhada de grande volume de dados direcionam estratégias

Este é um dos campos de análise encontrados na ampla ciência dos dados.

Ou seja, Big Data, ou grande volume de dados é obtido através das informações extraídas pelo Data Science.

Conforme abordamos em nosso artigo Como usar o big data para aprimorar o seu negócio, entendemos por Big Data o campo de estudo baseado em volume e velocidade.

Somente analisando informações de forma sistemática, podemos identificar a partir da variedade e do volume dos dados, aqueles que podem representar correlações relevantes para agir em determinadas situações.

Em suma, depois de examinar um grande volume de dados, é possível tomar decisões certeiras.

Por exemplo:

Uma empresa da área de viagens precisa entender os desejos de seus clientes para aprimorar as suas vendas.

Ao pesquisar por passagens para algum destino específico, o consumidor fornece dados para a empresa de viagens, que pode utilizar essa informação para inserir propagandas com preços de pacotes exclusivos para aquele destino que foi buscado.

Através de análises de Big Data, é possível identificar correlações entre as vendas e o que os clientes estão buscando na rede, potencializando dessa forma, o número de conversões.

A partir das melhorias trazidas por Big Data, surgiram inovações tecnológicas para a análise dessas informações.

É o caso do Machine Learning, que aprendendo com análises de grandes volumes de dados, passaram a influenciar positivamente no planejamento estratégico de uma empresa.

Tecnologia como aliada para aprimorar resultados

A partir do número expressivo de dados espalhados por milhares de dispositivos conectados no mundo, podemos extrair informações valiosas.

E ao conhecer um pouco mais sobre as definições de Data Science e Big Data, entendemos que esses dados enriquecem o planejamento estratégico das empresas e consequentemente aumentam sua lucratividade.

Por isso, compreender essas informações é fundamental para quem quer crescer profissionalmente e fortalecer a imagem da empresa no mercado.

Se você quer utilizar a tecnologia a seu favor e precisa de auxílio para começar, está no lugar certo.

As nossas consultoria e sistemas de TI e Telecom te ajudam a economizar custos, planejar estratégias, organizar seus orçamentos e orientar o controle da sua estrutura de ferramentas de trabalho.

Através de soluções automatizadas, otimizando processos, a Sumus pode te ajudar a realizar o mapeamento dos recursos que compõem o inventário da sua empresa.

Temos uma equipe capacitada e certificada que utilizam os conceitos do PMI (Project Management Institute) para gerenciamento de seus projetos.

Faça uma demonstração gratuita do sistema Sumus agora mesmo e prepare sua gestão para o futuro!

Autor:

O que procura?

NEWSLETTER