Gestão de Pessoas: Invista na Cultura da Integração

Valorize seus colaboradores ao engajá-los com os valores e objetivos da empresa

Se você ainda considera seus funcionários como uma engrenagem dentro da empresa, é melhor rever alguns de seus conceitos. Hoje, é imprescindível investir em gestão de pessoas para valorizar os colaboradores e manter um bom clima organizacional.  
O capital humano tornou-se tão ou mais importante do que os bens e serviços produzidos e gerados por uma empresa. Empregados desmotivados ou em descompasso com os valores e objetivos da companhia certamente afetarão o rendimento a longo prazo.
Pesquisa da consultoria PwC em 2014 já indicava que o ROI (retorno sobre investimento) do capital humano nas empresas brasileiros registrava uma queda de 17% – número elevado para quem precisava reagir à retração econômica nacional.
É preciso atrair e engajar os funcionários – novos e antigos – dentro da organização. Eles precisam sentir que fazem parte de um bom projeto e que seu trabalho e sua atuação fazem diferença e são valorizados pelo alto escalão.
Por conta disso, um dos conceitos que começa a ganhar força dentro das organizações, grandes e pequenas, é conhecido como cultura da integração. Por meio dele, empresários esperam melhorar uma das principais questões que atrapalham a produtividade.
gestao-de-pessoas

O que é Cultura da Integração?

O nome é indicativo: cultura de integração significa estimular processos e valores dentro da empresa que estimulem a integração dos funcionários com a missão e os objetivos da organização a curto, médio e longo prazo.  
Na prática, consiste em ferramentas e projetos que promovam uma maior inserção do consumidor dentro da estrutura da empresa, valorizando suas ações e garantindo sua participação ativa no dia a dia.
Treinamentos, palestras, cursos, recreação, grupos de estudos, comunicação interna, entre outros pontos, são apenas alguns dos elementos trabalhados para atrair as pessoas e diminuir ruídos que possam existir entre as áreas e profissionais.

Por que devo utilizar?

O principal motivo para adotar a Cultura de Integração é a valorização do ativo mais importante de qualquer empresa: os seus colaboradores. Poucas instituições adotam políticas que aproximam os funcionários de seus objetivos principais.
Dados do Instituto Gallup apontam que 27% dos brasileiros estão comprometidos com a empresa onde trabalham. Acredite, é um dos melhores índices globais, já que a média mundial é de apenas 13%.
Funcionários satisfeitos rendem bem mais do que aqueles que não se engajam com a organização. A mesma pesquisa aponta que um empregado engajado produz 60% a mais do que aqueles que odeiam seu trabalho.  
Uma boa gestão de pessoas consegue administrar os mais diferentes tipos de comportamentos para um bem comum. Com a integração como parte da cultura, é possível fazer com que os colaboradores sejam os primeiros embaixadores da empresa. Confira também, chefe ou líder: como você quer que os seus funcionários te vejam?

A Influência dentro da empresa

Com um bom projeto de cultura de integração, os empresários conseguem melhorar vários quesitos dentro da organização e, principalmente, conseguem transformar o interesse de seus funcionários em vantagem competitiva no mercado nacional e internacional. Confira:
Produtividade: as pessoas costumam se dedicar com mais afinco e vontade quando acreditam naquilo que estão fazendo. Se o colaborador saber que seu trabalho é valorizado, certamente ele irá render e produzir mais.
– Engajamento: o papel do empregado não termina na execução da tarefa que ele realiza. Atualmente, aqueles que se sentem engajados em seus serviços têm mais probabilidade de pensar em soluções novas e de atuar como líderes em seus departamentos.
– Employer Branding: faça com que o funcionário seja guardião da sua marca. Essa expressão trata justamente da integração e valorização de todos que trabalham na empresa, fazendo com que eles atuem indiretamente como divulgadores positivos da companhia.
– Comunicação Interna: pessoas satisfeitas têm menos motivos para reclamar, não é mesmo? Integrar as pessoas diminui consideravelmente os ruídos e fofocas que normalmente costumam circular na comunicação interna de qualquer organização.
– Sem turnover: por fim, quem está feliz no trabalho dificilmente vai querer sair para outra empresa. Melhorar a gestão de pessoas por meio da integração reduz consideravelmente o número de demissões.

Como aplicar a Cultura de Integração

Antes, é preciso entender que se trata de uma cultura organizacional, ou seja, o conceito de integrar os funcionários realmente precisa fazer parte dos objetivos e valores da empresa e os gestores precisam acreditar em sua proposta.  
Dessa forma, é preciso investir em métodos que proporcionam essa integração. Cursos, eventos, reuniões, feedbacks sempre que necessário e uma maior participação em questões estratégicas auxiliam na aplicação.
No caso de contratação ou promoção de empregados, uma boa dica é apostar em treinamentos e materiais didáticos que reforcem a importância dele e mostrem um pouco mais sobre os valores e missões da entidade. 
gestao-de-pessoas

Os desafios

Como todo departamento de RH, a cultura organizacional não é algo fixo, mas um processo que precisa ser constantemente trabalhado e atualizado de acordo com o perfil dos colaboradores e os objetivos específicos da empresa.
Assim, há alguns desafios que os gestores precisam ter em mente antes de aplicar a cultura de integração entre todos os funcionários:
– Diferenças culturais: não trate os empregados como uma massa única. As pessoas possuem origem, crenças e valores diferentes umas das outras. Valorize e respeite essas diferenças para que eles possam acreditar na empresa em que trabalham.
– Mantenha o discurso alinhado: como citado anteriormente, a cultura de integração precisa estar nos valores da empresa. Não adianta utilizar o discurso de integração se, na prática, o funcionário tem pouco espaço de participação.
– Esteja atualizado e atento: o que está dando certo hoje pode não funcionar mais no futuro. O gestor precisa observar práticas que precisam ser atualizadas e, principalmente, analisar o que funciona com os perfis de seus colaboradores. Não deixe de ver as dez tendências de tecnologia para a sua empresa!

Valorize o capital humano

Pessoas não são máquinas que apenas executam suas tarefas. Quando motivadas e engajadas, elas contagiam todos a sua volta e pensam em boas ideias para melhorar ainda mais o local onde trabalham.
O que você acha da Cultura de Integração? Funcionaria onde você trabalha? Conte sua experiência nos comentários e aproveite para conhecer a empresa de telecom Sumus

Autor:

O que procura?

NEWSLETTER